Mais de 10 mil pessoas já adoeceram pelo consumo de água contaminada

Mais de 10 mil pessoas já adoeceram pelo consumo de água contaminada

Escrito por Extra
Sex, 05 de Março de 2010 00:00
PDF Imprimir E-mail

água contaminadaMais de 10 mil pessoas ficaram doentes, entre 1999 e 2008, pelo consumo de água contaminada, no Brasil, informou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Os dados do Ministério da Saúde apontam que, em mais de 40% dos casos de doenças pelo consumo de água, a contaminação ocorre dentro das residências, noticiou o site da Anvisa. - Esses índices epidemiológicos revelam a necessidade de utilizar água tratada e ingredientes seguros no preparo de alimentos. Muitas vezes, a população não toma cuidado com as condições de limpeza das caixas d’água, por exemplo, e isso se torna um fator de risco para a contaminação de alimentos - diz a diretora da Anvisa, Maria Cecília Brito.

A recomendação é que as pessoas tenham cuidado na hora de comprar os alimentos. É preciso verificar se o supermercado ou estabelecimento comercial apresenta condições adequadas de conservação. - Para escolher esses estabelecimentos, não utilize apenas critérios como a proximidade do domicílio e o preço dos produtos, verifique também a limpeza e organização do ambiente - orienta Maria Cecília.

A Anvisa aconselha que o consumidor também verifique se o refrigerador ou o congelador do estabelecimento tem um termômetro para controle da temperatura. Alimentos congelados e refrigerados devem estar armazenados sob temperatura recomendada pelo fabricante. - Siga a ordem correta de compra dos alimentos: primeiro, os produtos não-comestíveis, como utensílios e materiais de limpeza; segundo, os alimentos não-perecíveis e depois os perecíveis, como carnes e outros produtos conservados sob refrigeração - ensina Maria Cecília. - O consumidor também deve se organizar para que o tempo entre a compra dos alimentos perecíveis e seu armazenamento no domicílio não ultrapasse duas horas.